quarta-feira, 8 de junho de 2016

HILLARY DECLARA VITÓRIA NAS PRÉVIAS DOS EUA

ELEIÇÕES
HILLARY DECLARA VITÓRIA NAS PRÉVIAS DOS EUA E CITA CONQUISTA HISTÓRICA
ELA É A PRIMEIRA MULHER A LIDERAR UM GRANDE PARTIDO POLÍTICO
Publicado: 08 de junho de 2016 às 07:46

Do - Diário do Poder - Destacando seu lugar na história, Hillary Clinton declarou vitória na noite de terça-feira em sua dura batalha para a nomeação presidencial democrata, tornando-se a primeira mulher a liderar um grande partido político norte-americano e lançando-se como beneficiária de gerações que lutaram pela igualdade.
Com 99% dos votos apurados, Hillary Clinton venceu seu rival Bernie Sanders nas primárias de Dakota do Sul com 51% dos votos contra 49% do senador por Vermont, de acordo com uma projeção Associated Press.
Para conseguir a indicação pelo Partido Democrata é necessário que a pré-candidata conquiste pelo menos 2.383 delegados. No início desta quarta-feira, ela já possuía 2.446, segundo a Associated Press. A contagem dos votos ainda continua nos seis estados que realizam prévias, incluindo a Califórnia, maior colégio eleitoral do país. Além de Califórnia, Nova Jersey e Dakota do Sul, também ocorreram prévias nos estados de Montana, Dakota do Norte e Novo México.
"Esta campanha certifica-se que não há limites, não há limites para qualquer um de nós", disse a ex-secretária de Estado durante uma reunião no Brooklyn. "A vitória desta noite não é apenas de uma pessoa, ela pertence a uma geração de mulheres e homens que lutaram e se sacrificaram para que este momento fosse possível", acrescentou.
Hillary enfrentará um desafio de duas frentes nos próximos dias. Ela deve apelar para aos partidários entusiastas de sua rival Bernie Sanders - que insiste que ele ainda tem um caminho estreito para a nomeação - e contrastar com o candidato republicano Donald Trump.
"Quero felicitar o senador Sanders por sua extraordinária campanha. Seu vigoroso debate a favor do aumento dos salários, da redução das desigualdades e por mais possibilidades de ascensão fizeram muito bem ao partido democrata e aos Estados Unidos. Acredito que somos mais fortes juntos e as apostas nesta eleição são altas", declarou Hillary, afirmando que o republicano
Donald Trump "não possui temperamento para ser presidente e comandante" dos EUA.
Hillary acrescentou ainda que "esta eleição não é sobre um republicano ou um democrata, é sobre quem administra este país: os interesses especiais ou as pessoas", disse ela. Trump prometeu um
importante discurso na próxima semana sobre Hillary e seu marido, o ex-presidente Bill
Clinton.
A vitória de Clinton em Nova Jersey, veio um dia depois que ela garantiu os 2.383 delegados que ela precisava para se tornar a primeiro candidata mulher de um grande partido político, de acordo com uma contagem da Associated Press.
Sanders conseguiu uma vitória em Dakota do Norte. O senador por Vermont já anunciou diversas vezes que não pretende jogar a toalha antes da Convenção Nacional do partido em julho, na Filadélfia. Seus apoiadores defendem que ele lute até o fim e até mesmo desafie a indicação de Hillary, uma vez que os super delegados podem mudar de voto. Fonte: Associated Press. (AE)

Nenhum comentário:

Postar um comentário