Postagem em destaque

PREFEITO ANTONIO DE ANÍSIO SOLICITA REFORÇO POLICIAL PARA ITACARÉ

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, se reuniu nesta quinta-feira com o delegado regional da 7ª Coordenadoria Regional de Polícia...

sábado, 2 de abril de 2016

PT: INCÊNDIO SUSPEITO

QUEIMA DE ARQUIVO
PF INVESTIGA ‘ENCOMENDA’ EM INCÊNDIO SUSPEITO
INCÊNDIO NO ESCRITÓRIO DE MEIRE POZA PODE TER SIDO INTENCIONAL
Publicado: 02 de abril de 2016 às 00:00
INCÊNDIO NO ESCRITÓRIO DE MEIRE POZA PODE TER SIDO INTENCIONAL. FOTO: MARIO ÂNGELO/ESTADÃO CONTEÚDO
  •  
Autoridades trabalham com a suspeita de que foi “encomendado” o incêndio no escritório da contadora Meire Poza, que trabalhou para o doleiro Alberto Youssef, um dos primeiros delatores da Operação Lava Jato. Foi Meire quem entregou à Polícia Federal a primeira prova material com o nome de Dilma: um bilhete com o nome da presidente abaixo da marcação “1.000.000,00 BSB” e ao lado de “17 Viagem”.
Também consta no bilhete oferecido pela secretária do megadoleiro, próximo ao nome de Dilma, a anotação de “Novo Embaixador”.
Um papel apreendido no escritório de Meire Poza, contrato de empréstimo, motivou a Operação Carbono 14, 27ª fase da Lava Jato.
Marcos Valério, operador do mensalão, hoje cumprindo pena, foi quem denunciou a maracutaia do PT com Ronan Maria Pinto. Do - Diário do Poder.

Nenhum comentário:

Postar um comentário