segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Campanha contra o aedes aegypti ganha apoio de instituições de ensino em Ilhéus

Voluntários da Uesc e Faculdade de Ilhéus vão contribuir com a eliminação de focos da dengue e atendimento médico aos pacientes
 A campanha contra o mosquito aedes aegypti que vem sendo realizada em Ilhéus recebeu, hoje (22), segunda-feira, o apoio de estabelecimentos de ensino que funcionam no município. Durante a reunião ocorrida, pela manhã, na Sala de Situação e Controle, instalada na sede da Assistência Farmacêutica, a reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Adélia Pinheiro, garantiu a participação da instituição nas ações da campanha.

 Na oportunidade, a reitora afirmou que o trabalho preventivo já vem sendo realizado no âmbito da comunidade acadêmica, cuja população é estimada em dez mil estudantes, mas que a UESC vai integrar todo o apoio possível à campanha, considerando a situação epidemiológica causada pela proliferação do mosquito e suas variáveis. Ela afirmou que a Universidade está disponível para realizar a capacitação de pessoal, em qualquer nível, que possa atuar como agente multiplicador de orientação preventiva, além de uma atividade de campo mais intensa no entorno do campus, especialmente na comunidade do Salobrinho, bairro que abriga a sede da Uesc.
 A reunião contou também com o coordenador do curso de Enfermagem da Faculdade de Ilhéus, Robson Vidal, que também garantiu o apoio da instituição ao mutirão que se estabelece em torno da campanha. Além de oferecer capacitação de pessoal, em nível interno e externo, ele garantiu que a Faculdade vai participar com cerca de 500 voluntários durante o faxinaço, proposto pela secretaria municipal de Saúde, nos bairros do entorno da sede, na zona sul da cidade, além de oferecer estagiários para atuar no Pronto Atendimento (PA) instalado pelo município.
 A secretária municipal de Educação, Marlúcia Mendes Rocha, presente à reunião, informou que nesse momento a rede de ensino está em período de férias, mas que todo o pessoal envolvido se engajará na campanha com o reinício das aulas. A primeira atividade, segundo a secretária, acontecerá durante a Jornada Pedagógica da Rede Municipal de Ensino, no próximo dia 3 de março, que terá a participação de cerca de 1.200 servidores vinculados à área.
 Reforço – A reunião na Sala de Situação e Controle contou ainda com a participação do vice-prefeito Carlos Machado, Cacá, do vereador James Costa, de representantes do Exército e da Marinha, dos secretários municipais de Saúde, Antonio Ocké, de Serviços Urbanos, César Benevides, de Meio Ambiente e Urbanismo, Antônio Vieira, e de Comunicação, Valério de Magalhães, além de integrantes da equipe técnica da Saúde.
 A diretora do Núcleo Regional de Saúde Sul do Governo do Estado, Marisa Eduane Costa Pinheiro, informou que nesta terça-feira, 23, estarão em Ilhéus um representante do Ministério da Saúde, a coordenadora estadual do Grupo de Trabalho de Arboviroses da Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado, doutora Jesuína Castro, e o coordenador estadual de Endemias, Jailton Batista, com o objetivo de fazer uma avaliação epidemiológica e ambulatorial juntamente com as autoridades e técnicos do setor de saúde.
 O encontro técnico será realizado também na Sala de Situação e Controle, na sede da Assistência Farmacêutica, às 14 horas. Além da avaliação da situação no município, serão discutidos eixos que compõem o plano de contigência nacional. A partir daí serão definidos reforços técnicos e materiais para ampliar o combate ao aedes aegypti no município.
 Secretaria de Comunicação Social 

Nenhum comentário:

Postar um comentário