terça-feira, 12 de janeiro de 2016

“Novo Parque Industrial e Logístico será decisivo para o desenvolvimento de Ilhéus”, diz prefeito


O equipamento será às margens da rodovia Ilhéus-Itabuna e gerido através de parceria público-privada
 O prefeito Jabes Ribeiro, assinou nesta segunda-feira, 11, decreto que desapropria área de 2,7 milhões de metros quadrados localizada às margens da BR-415, entre o bairro do Salobrinho e o hipermercado Atacadão, onde será implantado o novo Distrito Industrial e Logístico do Município. A iniciativa, de acordo com o gestor, “prepara nosso município e região para o futuro, criando uma estrutura capaz de receber grandes empresas, muitas delas que deverão chegar aqui vinculadas a projetos como o Porto Sul e Ferrovia Oeste-Leste”. O ato contou com a presença do presidente da Sudic, órgão do governo da Bahia, Jairo Vaz.


A localização do novo parque industrial, segundo Ribeiro, demonstra a preocupação da administração ilheense com o desenvolvimento regional. “Não cabem mais discussões municipais, bairristas. Ou desenvolve conjuntamente, ou tende a fracassar”. O Parque Industrial e Logístico nasce com área para suportar mais de 300 empresas, “entre indústrias, prestadoras de serviços, comércio”, destacou o vice-prefeito Carlos Machado (Cacá), um dos precursores da ideia, ainda quando ocupava a Secretaria Municipal de Indústria e Comércio (Sedic). O projeto contou com apoio da Sudic na elaboração dos estudos técnicos de viabilidade.

Segundo Cacá, em sua viagem à cidade de Brusque, em Santa Catarina, no ano passado, foi possível perceber a possibilidade de criação e manutenção exitosas de parques industriais multisetoriais, geridos em parceria entre o município e a iniciativa privada, “que abrigam empresas, indústrias, prestadoras de serviços de diversos ramos econômicos, o que amplia o leque de opções a quem quer aqui investir”.

“Eu recebo constantemente empresas interessadas em vir para a Bahia, mas aqui, no distrito industrial de Ilhéus, por exemplo, não há mais área. E essa deficiência vai acabar no sul da Bahia”, declarou o diretor-presidente da Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial do Estado da Bahia, Jairo Vaz, que esteve presente ao evento desta tarde. Na oportunidade, declarou ainda que a iniciativa do município em capitanear a criação do parque é louvável, principalmente diante da impossibilidade do Governo do Estado de ampliar esse tipo de equipamento.

Estratégia – Além de permitir o desenvolvimento regional, devido sua localização próxima à cidade de Itabuna, o Parque Industrial e Logístico estará situado a menos de 10 quilômetros da BR-101, importante rota de escoamento de diversos produtos, pontuou o vice-prefeito Cacá. Da mesma forma, o equipamento será vizinho ao futuro Aeroporto Internacional, que está projetado para funcionar também às margens da BR-415.

Participaram do ato desta segunda-feira, no auditório do Centro Administrativo, na Conquista, os vereadores Valmir Freitas, Roque do Sesp, Gilmar Sodré, Luiz Carlos Escuta, os secretários municipais de Administração, Ricardo Machado, de Educação, Marlúcia Mendes, de Comunicação, Valério de Magalhães, de Infraestrutura, Isaac Albagli, de Meio Ambiente, Antonio Vieira, de Relações Institucionais, Frederico Vésper, de Indústria e Comércio, Roberto Garcia, da Fazenda, Raimundo Ferreira, de Turismo, Josenaldo Cerqueira, o presidente da Maramata, Fred Andrade, além da sociedade civil e profissionais de imprensa.

Secretaria de Comunicação Social

Nenhum comentário:

Postar um comentário