segunda-feira, 29 de junho de 2015

Volume de chuva em Ilhéus hoje foi 11 vezes maior que a média para um dia

Para evitar acidentes graves, a Defesa Civil alerta que moradores de áreas de risco deixem suas residências preventivamente
 A Coordenação de Defesa Civil da Prefeitura de Ilhéus informou que o volume de chuva que caiu sobre a cidade na madrugada desta segunda-feira, 29 de junho, até as primeiras horas da manhã, foi 11 vezes maior que a média para um dia. Segundo Joandre Neres, coordenador de Defesa Civil, o pluviômetro instalado no bairro Conquista registrou o volume de 99,60mm de chuva, enquanto que o equipamento localizado no Malhado contabilizou 70mm no mesmo período. “Esse volume é 11 vezes maior que o normal para um período de 24 horas”, afirmou.

Em virtude do ocorrido e da intensa chuva que caiu sobre a cidade nos últimos dias, o prefeito Jabes Ribeiro reuniu diversos secretários na manhã de hoje, juntamente com a Defesa Civil, e determinou que toda a equipe à disposição do Programa Ilhéus em Ação esteja a serviço das providências para reduzir os estragos causados pela chuva. Ele autorizou também que a Secretaria de Infraestrutura crie uma equipe específica para acompanhar a Defesa civil durante os atendimentos de emergência.
O coordenador de Defesa Civil, Joandre Neres, enfatiza que embora a Prefeitura de Ilhéus realize trabalho preventivo contra acidentes decorrentes da chuva, o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN) enviou alerta ao município sobre a possibilidade de ocorrência de um volume ainda maior de chuva sobre a cidade entre hoje, segunda-feira, até quarta-feira, 1º de julho. Conforme dados de monitoramento, pode chover em Ilhéus 84mm nesse período.  
Neres afirma que lonas plásticas estão sendo instaladas em morros e visitas técnicas são realizadas para conscientização dos moradores que residem em áreas de risco. Ele recomenda aos ilheenses que moram nessas áreas que deixem seus imóveis, de forma preventiva, e se alojem em casas de parentes ou amigos, a fim evitar acidentes. Segundo disse, até o momento, foram registrados pontos de alagamento na cidade, além da queda de três árvores no Banco da Vitória, Salobrinho e Malhado. “Constatamos ainda cinco pontos de deslizamentos em altos da zona urbana. Duas famílias foram retiradas de suas residências na Rua João XXIII, no Alto do Basílio.

Secretaria de Comunicação Social –Ilhéus – 29.6.15

Nenhum comentário:

Postar um comentário