quarta-feira, 10 de junho de 2015

PT peita Dilma que abandona reunião Mercosul-Comunidade Europeia para participar do congresso do partido.

(Estadão) A presidente Dilma Rousseff decidiu antecipar o retorno de sua viagem a Bruxelas, na Bélgica, para participar do 5º Congresso do Partido dos Trabalhadores (PT), que acontecerá em Salvador, nesta quinta-feira. A informação foi confirmada por uma fonte da comitiva da presidência que está na capital belga para participar da reunião de cúpula entre a União Europeia e a Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos.
A comitiva do Brasil chegou a Bruxelas no início da manhã desta quarta-feira, por volta das 6h30 da manhã – 1h30 de Brasília –, onde a presidente terá reuniões bilaterais com a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, com os primeiros-ministros da Bélgica, Charles Michel, da Grécia, Alexis Tsipras, e da Bulgária, Rosen Plevneliev, e com o presidente do Conselho da União Europeia, Donald Tusk. À noite, após as sessões da cúpula, Dilma terá um jantar com os representantes dos 61 países. 
Na quinta-feira, a presidente deixa Bruxelas logo após as 13h – 8h de Brasília –, já em direção ao Brasil. O avião presidencial realizará uma escala técnica para abastecimento em Las Palmas, na Espanha, e de lá atravessa o Atlântico em direção a Salvador. Um entrave eventual poderia ser a greve de controladores de tráfego aéreo na Espanha.
O congresso do PT se transformou em um fórum de discussões sobre políticas do governo como o ajuste fiscal, liderado pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy. Até aqui estava previsto que Dilma retornasse ao Brasil na sexta-feira, concedesse uma entrevista no programa de Jô Soares, na Rede Globo, e participasse das reuniões do congresso a partir de sábado. Mas a mudança no plano de voo da comitiva brasileira indica a provável presença em Salvador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário