Postagem em destaque

PREFEITO ANTONIO DE ANÍSIO SOLICITA REFORÇO POLICIAL PARA ITACARÉ

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, se reuniu nesta quinta-feira com o delegado regional da 7ª Coordenadoria Regional de Polícia...

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Coordenação de Endemias orienta estudantes sobre o combate à dengue no Teotônio Vilela

Em apoio às atividades da Escola Arca de Noé, os agentes de endemias da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) realizaram ações educativas e distribuíram material informativo sobre as formas combate à proliferação da dengue.
 A Coordenação de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) firmou parceria com a Unidade Educacional Arca de Noé, no bairro do Teotônio Vilela, para desenvolver um trabalho educativo sobre formas de combate à proliferação do Aedes Aegypti, o mosquito transmissor da dengue. O trabalho faz parte das atividades pedagógicas da escola, e será concluindo nesta sexta-feira, dia 4, com uma caminhada local, a partir das 8h30. Segundo o último Levantamento do Índice da Dengue (LI), o bairro apresentou um dos maiores índices de infestação de Ilhéus.

Durante a caminhada, prevista para ocorrer até as 10h30, cerca de 180 estudantes percorrerão as principais ruas do Teotônio Vilela, levando faixas, cartazes, panfletos e folders com o objetivo de sensibilizar a população sobre os riscos da proliferação do mosquito, além de orientar sobre as formas de combate. Todo o material educativo foi disponibilizado pela coordenação de endemias.
A programação da escola inclui a participação de estudantes nas ações da equipe de endemias durante visita às residências do bairro, nesta quinta-feira, dia 3. Durante a atividade, os alunos vivenciaram o trabalho dos agentes, percebendo a importância da educação para coibir a proliferação do mosquito.
Segundo a coordenadora pedagógica da escola, Luciana Feitosa, desse março todos os estudantes da unidade estão participando da ação educativa.  “Tivemos todo o apoio dos agentes de endemias do município, que promoveram palestras, disponibilizam materiais e orientaram nossos alunos sobre os procedimentos adequados para evitar a dengue”, destaca Luciana.
Levantamento de Índice Predial – Segundo o último Levantamento de Índice da Dengue (LI), realizado pela Sesau entre os dias 18 e 28 de março, o percentual do Índice de Infestação Predial no município caiu de 10% para 9.6%.  Em geral, o levantamento mostrou um decréscimo do índice predial em quase todos os bairros de Ilhéus, com exceção do Novo Vilela e do Teotônio Vilela, que registraram aumento nos índices.
No levantamento por bairros, o maior índice de infestação foi detectado no Novo Vilela com 25.5%. Em segundo lugar, o Bairro Boa Vontade, com 21.3%; em terceiro, o Alto do Basílio, com 20.8%; em quarto, o Salobrinho e o Teotônio Vilela, cada um com 17.6%; e em quinto lugar, o Alto da Tapera, com 14.9%. Segundo o Supervisor de Campo da Sesau, Rondinelli dos Anjos, 80% dos focos de mosquito foram encontrados em reservatórios de águas descobertos.
PA da Dengue – Ilheenses e moradores dos municípios que pactuaram serviços de saúde que apresentaram sintomas de dengue devem comparecer ao Pronto Atendimento para manejo clínico da dengue – PA da Dengue. A unidade funciona no CAE II, também conhecido como Centro Municipal de Atendimento Especializado (CMAE), localizada na Rua Major Homem Del’Rey, no Bairro Cidade Nova, próximo ao Hospital São Jorge.
Os atendimentos são realizados de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas, por uma equipe formada por médico, enfermeiro e três técnicos de enfermagem. É preciso portar o documento de identidade e o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). No local, o cidadão fará o exame e, caso confirmada a suspeita, receberá tratamento com soro e medicação. Os pacientes que apresentarem quadros mais graves serão encaminhados ao Hospital Regional Luiz Viana Filho para internação.
 Da Secretaria de Comunicação Social (Secom)-Ilhéus – 03.04.2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário