Postagem em destaque

Settran realiza vistoria no Transporte Escolar de Itabuna

  A Secretaria de Transporte e Trânsito de Itabuna (Settran) realizará nos dias 2 e 3 de Março a vistoria anual do transporte escolar....

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Identificadas as seis vítimas da mesma família que morreram em acidente na BR-101


Foram identificadas as vítimas do acidente que matou seis pessoas de uma mesma família, por volta das 15h40 desta quinta-feira (6), na BR 101 Norte, na altura de Conceição da Barra. 

O motorista do Corsa Classic, de cor branca, foi identificado como Ronimar Freitas dos Santos, de 26 anos. Com ele estavam a irmã Rosiane Freitas dos Santos, 24 anos, os sobrinhos Rametson dos Santos Carvalho, 20 dias de nascido, e Rharian dos Santos Carvalho, de 4 anos. Também estavam no carro o irmão do motorista e da mulher, Renan Freitas dos Santos, 9 anos, no banco da frente, e o filho do motorista Pedro Ryan Alves dos Santos, 4 anos. De acordo com a polícia, o carro da família bateu de frente com uma carreta carregada com cloro, que era conduzida por Jurandir de Souza Oliveira, 44 anos. Todos os ocupantes morreram na hora do impacto.

A frente do caminhão ficou destruída. A BR-101 teve que ser interditada por mais de cinco horas. Um longo congestionamento se formou nos dois sentidos da via. Ainda de acordo com as equipes que atenderam à ocorrência, no Classic a mãe viaja com o bebê no colo, no banco de trás do veículo, com mais duas crianças. Nos dois bancos da frente seguiam os irmãos Ronimar e Renan. 

O acidente aconteceu no Km 43 da BR 101, em Conceição da Barra, por volta das 15 horas, e o carro de passeio teria invadido a contramão, batendo de frente contra a carreta de cloro, que também perdeu o controle e colidiu com uma outra carreta e um Citröen C3. Os motoristas destes dois carros não se feriram. A família, que era de Pinheiro seguia para São Mateus. O motorista da carreta foi atendido no local e liberado em seguida. O teste de bafômetro feito pelo condutor da carreta de cloro deu negativo para ingestão de bebida alcoólica. (A Gazeta)

Nenhum comentário:

Postar um comentário