Postagem em destaque

Comissão quer ouvir ex-secretário de Itabuna sobre carta aberta

O presidente da Comissão de Saúde, Enderson Guinho (PDT), articula a vinda à Câmara do ex-secretário de Saúde de Itabuna, Vitor Lavins...

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Canavieiras comemora São Sebastião




Os tradicionais festejos em homenagem a São Sebastião, em Canavieiras, terão início no próximo sábado (11 de janeiro), com a Puxada do Mastro de São Sebastião (Pau de Bastião, como é chamado carinhosamente pela população). O evento é realizado em conjunto pela Prefeitura (parte profana) e a Paróquia de São Boaventura (festejos religiosos).

Segundo o prefeito de Canavieiras, Almir Melo, a festa faz parte do calendário turístico da cidade, que recebe um grande número de turistas para homenagear um dos santos mais populares da Igreja Católica. “Além das homenagens religiosas promovidas pela Paróquia, a comunidade também realiza os festejos profanos, cujo ponto alto é a “Puxada (ou Levada) do Mastro”, explica Almir Melo.
De acordo com o organizador da Puxada do Mastro, Trajano Barbosa, a Puxada do Mastro será realizada às 20 horas de sábado (11), no Cais do Porto, em direção à Praça da Capelinha. O trajeto passa pelas ruas General Pederneiras, Beco do Himério (Cavalcante), Praça do Cacau, Rua 13 (Octávio Mangabeira) até as imediações do Colégio Osmário Batista, seguindo pela Travessa Getúlio Vargas (Beco da Capelinha), chegando à Praça Armindo de Castro (Capelinha).
Durante o trajeto – seguido por moradores e turistas –, o Mastro de São Sebastião é reverenciado pelas pessoas, que fazem questão de pegá-lo e até fazer chá da casca, por acreditar ser miraculoso. Enquanto isso, blocos e fanfarras cantam até chegar à Praça da Capelinha, onde é hasteado o Mastro de São Sebastião. Em seguida, blocos e bandas se apresentam na praça.
Festa Religiosa – A religiosidade do povo canavieirense é bastante expressiva e no período de 11 a 19 de janeiro é realizada a novena de São Sebastião, na capela erigida em homenagem ao Santo, no bairro do mesmo nome (conhecido como Três Xis). Durante todas as noites a comunidade católica participa da novena, às 19 horas, encerrada no dia 20, com a celebração da Santa Missa e Procissão pelas ruas da cidade.
São Sebastião nasceu em Milão, na Itália. Pertencente a uma família cristã, foi batizado em criança. Mais tarde, tomou a decisão de engajar-se nas fileiras romanas e chegou a ser considerado um dos oficiais prediletos do Imperador Diocleciano. Contudo, nunca deixou de ser um cristão convicto e ativo. Fazia de tudo para ajudar os irmãos na fé, procurando revelar o Deus verdadeiro aos soldados e aos prisioneiros. Secretamente, Sebastião conseguiu converter muitos pagãos ao cristianismo.
Em certa ocasião, Sebastião foi denunciado, pois estava contrariando o seu dever de oficial da lei. Teve, então, que comparecer ante o imperador para dar satisfações sobre o seu procedimento. Diante do Imperador, Sebastião não negou a sua fé e foi condenado à morte, sem direito à apelação. Amarrado a um tronco, foi varado por flechas, na presença da guarda pretoriana. No entanto, uma viúva chamada Irene retirou as flechas do peito de Sebastião e o tratou
.Da assessoria
06-01-2014 (WR)

Nenhum comentário:

Postar um comentário