Postagem em destaque

PREFEITO ANTONIO DE ANÍSIO SOLICITA REFORÇO POLICIAL PARA ITACARÉ

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, se reuniu nesta quinta-feira com o delegado regional da 7ª Coordenadoria Regional de Polícia...

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Maramata impulsiona consciência ambiental em Ilhéus

A Universidade Livre do Mar e da Mata da Prefeitura de Ilhéus é responsável pela elaboração de estudos e pesquisas e pelo desenvolvimento de atividades de preservação e educação ambiental.
 A reestruturação das atividades desenvolvidas pela Universidade Livre do Mar e da Mata (Maramata) da Prefeitura de Ilhéus impulsionou a consciência ambiental em 2013, a partir de várias iniciativas do órgão que atingiram públicos diversos.
Com a função de desenvolver medidas voltadas
para o estímulo à preservação e à educação ambiental, a instituição, neste ano de 2013, reativou as atividades do projeto social Meninos Guerreiros e promoveu cursos com temas em ecologia, retomando o papel de difundir e fomentar a consciência ambiental e social.
De acordo com o presidente da instituição, Fred Andrade, o ano de 2013 foi positivo, tanto no planejamento, quanto na organização e na formação da equipe. E ele destaca as expectativas já esperadas para as atividades do próximo ano: “Este ano, tivemos uma preocupação maior em arrumar a casa, como ordenou o prefeito Jabes Ribeiro a todos os gestores, mas acreditamos que cumprimos nossas metas e já preparamos novas ações para 2014”. E detalha: “Já temos na programação a realização de 20 cursos e faz parte dos nossos planos ampliarmos o Meninos Guerreiros para outros bairros de Ilhéus”, informa. 
CIDADANIA - Através do programa, 41 crianças que vivem em situação de vulnerabilidade social participam de atividades lúdicas e esportivas no turno oposto da escola. “O Meninos Guerreiros é muito importante para resgatar a autoestima dos jovens que vivem em situação de vulnerabilidade social e, principalmente, é um mecanismo que utilizamos para proporcionar entretenimento, educação e estimular o sentimento de cidadania em nossas crianças e adolescente”, analisa o presidente.
A Maramata também promoveu, em 2013, vários cursos e campanhas com objetivo de fomentar a cultura da preservação. Uma dessas iniciativas foi a  campanha lançada no início do ano, informando aos pescadores sobre o período ideal para a pesca do caranguejo. “O objetivo foi proteger a fase de reprodução do crustáceo, colaborando para que a atividade tenha um caráter sustentável”, informa Fred Andrade.
Outra meta da instituição foi servir como um modelo de um ambiente sustentável, por meio da captação de energia solar e de águas de chuva e uso de lâmpadas LED. Ainda, através da parceria firmada com o Instituto Ilheense de Biologia (Inibio), foram desenvolvidas atividades para comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente.
A universidade também firmou parceria com a Instituição 7 Mares e o Grupo de Pesquisa em Mamíferos Aquáticos de Ilhéus (GPMAI) para a promoção de um curso sobre cetáceos. Além disso, foram firmados outros acordos com grupos culturais como o Águia Dourada e com o biólogo Cauê Rabelo, que culminaram em aulas de capoeira e maculelê para os ‘Meninos Guerreiros’.
Ainda foram realizados este ano cursos como o ‘Ecologia, Pesquisa e Conservação das Tartarugas’, com foco no desenvolvimento e conservação dessas espécies e um curso de jardinagem ministrado por profissionais da área.
Cultura local – A Maramata também realizou ações voltadas para a divulgação da cultura local. Por ser uma referência na disponibilização da história da Capitania de São Jorge dos Ilhéus e ter em sua sede um acervo de ciências naturais no Museu da Capitania e do Mar, a universidade recebeu, ao longo do ano, uma série de visitas de escolas do município que obtiveram informações sobre a educação ambiental.
No feriado da Proclamação da República foi realizada a Cavalgada de Magali, que propôs um resgate da história de Ilhéus e incentivos culturais, com o apoio da Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca (Seagri). Também como resultado do trabalho deste ano, destaca-se a organização da Biblioteca Sala-Verde, que já está pronta para consulta, além da instalação do Oceanário Virtual, que está em fase de conclusão e tem por objetivo divulgar a dinâmica oceânica. 
 Da - Secretaria de Comunicação (Secom)-Ilhéus – 30.12.13

Nenhum comentário:

Postar um comentário