Postagem em destaque

Centro Pop de Itabuna promove trabalho de assistência aos moradores de rua

O Centro de Referência Especializada para os Cidadãos de Situação de Rua – Centro Pop atende mais de 70 pessoas que vivem nas ruas de ...

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Vereador denuncia indício de fraude em licitação na Prefeitura de Ilhéus

O vereador Lukas Paiva (PMN) denunciou na tarde desta terça-feira(10) no plenário da Câmara Municipal de Ilhéus um possível esquema de fraude na licitação para a escolha da empresa que realizaria a montagem da estrutura para o desfile do dia 07 de setembro, informando que o dinheiro seria desviado para pagamento de débitos de campanha do prefeito Jabes Ribeiro. Lukas Paiva explicou que teve o cuidado de denunciar e registrar tudo no Ministério Público Estadual, informando um dia antes que a TMais Serviços Locações e Eventos venceria a licitação e o fato foi confirmado após o anúncio  de que a vencedora do certame teria sido mesmo a empresa denunciada pelo parlamentar.


Em seu discurso no plenário da Câmara o vereador Lukas Paiva relatou que na última quarta–feira foi procurado por uma pessoa que infromou detalhes de um possível esquema para fraudar licitação na Prefeitura, para pagar debito de campanha do prefeito Jabes Ribeiro. E como não podia ser leviano para fazer denúncias vazias e sem provas, na mesma quarta–feira o parlamentar disse que se aprofundou nas investigações e todos os fatos narrados realmente eram verdadeiros. 

Diante da gravidade da denúncia, Lukas Paiva informou que no dia seguinte, 05 de setembro, procurou o Ministério Público Estadual, através da promotora Karina Cherubini, alertando que no dia 06 estaria acontecendo uma licitação na modalidade carta convite para contratação de empresa para a organização das atividades do Dia da Independência do Brasil. Disse inclusive no Ministério Público que tudo estava “armado” e quem iria ganhar a licitação era a empresa TMais Serviços Locações e Eventos, coincidentemente a mesma empresa que já foi contratada pela Prefeitura para a produção e execução do Projeto Viva Ilhéus e que recebeu na época cerda de 240 mil reais.

Lukas Paiva informou ainda que não foi surpresa alguma quando no dia seguinte recebeu a informação que de fato a empresa que ganhou a licitação para organizar o desfile de 07 de setembro TMais Serviços Locações e Eventos, que recebeu pela montagem da estrutura o valor de R$ 37 mil. O mai grave, segundo o parlamentar, é que os serviços foram executados por outras empresas, que inclusive já prestam serviços para a Prefeitura. “Isso quer dizer que o dinheiro dessa licitação fraudulenta, que denunciamos antes mesmo de acontecer, deve sair limpo, todo para pagar débitos de campanha do prefeito junto a uma agência de publicidade”, disse ele.

O vereador também adiantou que já informou ao Ministério Público qual é essa agência de publicidade que estaria correndo atrás da TMais para que esse dinheiro seja repassado imediatamente ao pagamento. Outro agravante denunciado pelo vereador, que será confirmado através de documentos no Tribunal de Contas dos Municípios, é que esse dinheiro para a empresa será pago num prazo recorde, “se é que já não foi feito o pagamento”, alertou.
Da - assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário