Postagem em destaque

Ceplac assinala passagem dos 60 Anos com emoção e compromisso

  A cerimônia que assinalou a passagem dos 60 anos de criação da CEPLAC/MAPA, realizada nesta segunda-feira, 20 de fevereiro no audi...

domingo, 8 de setembro de 2013

Sete de setembro em Itabuna o ponto alto foi o povo pacifico

Os filhos deste solo não temeram a chuva e foram, sim, à Avenida do Cinquentenário, em Itabuna, homenagear a Pátria pelos 191 anos de Independência na manhã de hoje. Antes das oito da manhã, mesmo sob a chuva fina e o vento, as pessoas começaram a se reunir nas calçadas para assistir ao tradicional desfile do Sete de Setembro. Eram famílias inteiras, mães com filho pequeno, idosos e muitos jovens que aguardavam ansiosos o início do espetáculo.

A Praça Otávio Mangabeira (Camacã), onde estava o palanque oficial, foi o ponto de maior concentração, mas a comunidade se espalhava por toda a extensão da Avenida. Era possível ver as pessoas com suas câmeras e celulares filmando e fotografando o desfile, os amigos e as autoridades. O colorido das sombrinhas se misturou ao verde e amarelo desde o Jardim do Ó até a Rua Adolfo Maron. Esse ano, a festa homenageou Vinícius de Moraes e os versos do poeta passearam entre as pessoas lembrando-as do amor, abraço, beleza e a alegria, valorizando e incentivando a leitura.



A participação ativa de quem assistia chamou à atenção durante todo o desfile. A cada pelotão que passava eram aplausos e mais aplausos, entretanto o que mais envolveu o itabunense foram as fanfarras. Cada uma em seu estilo tocou desde a música tema das vitórias de Airton Sena até sertanejo universitário e sucesso atual “Show das Poderosas”. Muitos dançaram e cantaram em coro ao som dos instrumentos. Também bastante aplaudida foi a equipe do setor de limpeza pública da Prefeitura de Itabuna, que passou pela avenida irradiando alegria e simpatia e conquistou aos que assistiam.

A mensagem de ordem para muitos foi a necessidade de comemorar a Independência, mas continuar lutando por dias melhores, assim como pensa a aposentada Lurdes Paz que mora no Centro da cidade. Ela caminhava satisfeita pela Cinquentenário vestida com as cores da Pátria e usando muitos acessórios estampados com a bandeira do Brasil. “É nossa Independência, merece respeito. A gente espera que nossos governantes tenham responsabilidade e cumpram com dignidade suas obrigações. Tenho muito, muito orgulho mesmo de me vestir com a bandeira. Por causa da chuva vim com sombrinha, mas estou aqui”.

Da mesma maneira refletem Antônio Carlos Ribeiro e Bruna Carolina Santana, moradores do Urbis IV. Ele tem 15 anos e a irmã 10, mas não desfilam porque suas escolas não costumam participar. Antônio sonha em desfilar um dia e disse que a polícia se apresentou lindamente e a organização foi um destaque. “O Dia da Independência é muito importante, ainda mais nesse período em que as pessoas estão lutando por seus direitos. Somos brasileiros temos que lutar por isto”. Bruna, por sua vez, elogiou a beleza e a organização do desfile. “Me sinto orgulhosa e gosto muito de assistir. Achei lindo o desfile da Polícia Militar” comentou.
O estudante do Colégio Militar Gustavo Almeida Silva dos Santos, 12 anos, desfilou pela primeira vez. Estava acompanhado do pai, da mãe e do irmão mais novo que assistiram orgulhosos. “No início eu estava até nervoso, mas depois fiquei mais calmo e achei muito bom. A chuva não atrapalhou. É muito importante participar, pois foi nesse dia que o Brasil conseguiu a Independência”, afirmou.

Em outro ponto do desfile uma mãe começava a ensinar ao filho o amor à Pátria. Rosangela Pereira Santos é mãe de Alex Santos Campos de quatro anos e moradora do bairro São Caetano. Ela conta que desde que o filho nasceu vai ao desfile todos os anos. “Eu acho muito bom, é uma distração e uma satisfação. A chuva não foi problema. Quero garantir que meu filho assista e incentivar para quem sabe um dia ele querer desfilar”. O frentista Wildes José Dias, morador do Banco Raso, também acompanha todos os anos o 7 de Setembro. “Esse ano a chuva tentou atrapalhar, mas não conseguiu. Nunca tinha visto o desfile com tanta chuva, mas o povo compareceu e a organização está nota dez. Muito bonito” avaliou.

Por: Naudielle Silva
Fotos: Gabriel de Oliveira
7 de setembro de 2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário