Postagem em destaque

Prefeitura de Ilhéus realiza ação de combate ao abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes

A Prefeitura de Ilhéus, através da Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS), realizou, nesta quarta-feira, 22, ação educat...

terça-feira, 17 de setembro de 2013

LEITO DO RIO CACHOEIRA EM ITABUNA JÁ PODE PASTAR GADO



O Rio Cachoeira,, em Itabuna, não diferente de quase todos deste país, agora está nascendo capim em seu leito, já que as providencias não foram tomadas para a retirada  das baronesas e da sujeira que corre ainda em suas águas fedidas, e trazendo grandes transtornos e revoltas, em maior intensidade, em toda a comunidade ribeirinha, já que, o mau cheiro já está atingindo ao centro da cidade.

No governo anterior, de Azevedo, através da Emasa, existia  o projeto SustentaCidade que fazia cientificamente, através do Agrônomo, Agmenon Farias a retirada das plantas aquáticas, que eram transformadas em adubo orgânico, tratava-se de um excelente inciativa, e, que conseguia  amenizar o mau cheiro, com o uso das próprias baronesas. Elas tem dois ciclos: em desenvolvimento retira da água a sujeira, já como adultas morrem e poluem as águas. Era neste momento, que o projeto entrava em ação, com as suas ilhas localizadas na saída dos canais de esgoto que vão para o rio..  


Para conter as plantas aquáticas em grande quantidade,  estrategicamente, foi instalada uma barragem pneumática de contenção acima do bairro de Nova Ferradas, o que ajudou a elucidação do Projeto, que em pesquisa cientifica, comprovava que a ação fazia diminuir em 40% a poluição das águas do Rio Cachoeira. Para isso, também foi realizado um trabalho de conscientização com todos os ribeirinhos para não jogarem sujeira no rio, muitos deles abraçaram a causa. Medida, essa, que também foi estendida às escolas deste município. 

O projeto é da itabunense, filha do nosso saudoso, José Soares Pinheiro (Pinheirinho), professora Heloísa Pinheiro. Um projeto, que foi desenvolvido pela Emasa, através da gestão de Geraldo Bríglia, e que poderia retornar. 

A realidade é que o nosso Rio Cachoeira está morrendo, e as autoridades sentindo o cheiro da carniça de seu corpo em decomposição. Hoje com o capim, pode-se até  colocar gado em seu leito, o capim parece ser de ótima qualidade. Ai, está uma grande mudança!...            

Nenhum comentário:

Postar um comentário