Postagem em destaque

Prazo de renovação de alvarás de táxis de Ilhéus vence nesta sexta-feira

A Superintendência de Transporte e Trânsito (Sutran), autarquia vinculada à Secretaria de Infraestrutura, Transporte e Trânsito de Ilhéu...

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

EMASA realiza seminário para 50 municípios do sul da Bahia


A EMASA foi escolhida como a empresa organizadora de um seminário para discussão do PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO, em convênio com a FUNASA/ASSEMAE, evento que está sendo preparado para cinqüenta municípios e será realizado no auditório da FTC em Itabuna, de 09 á 13 de setembro.

O Presidente da Emasa, Ricardo Campos,   ressalta a importância do encontro e principalmente a troca de experiências, fundamental para a implantação do plano

Durante o seminário será realizada uma oficina de capacitação, onde serão apresentados estudos dos aspectos legais da política e do Plano Municipal de Saneamento Básico, das metodologias de planejamento estratégico, comunicação e mobilização social, elaboração, aprovação, implantação e revisão do plano municipal. Serão feitas discussões sobre a necessidade da interação entre as demais políticas públicas do município e dos planos diretores, de habitação e outros.

A oficina será realizada de segunda a sexta-feira, pela manhã e à tarde, com um total de 32 horas/aula, no horário de 8 às 18 horas, porém na segunda-feira a oficina terá início às 13h30 com recepção dos participantes e abertura oficial, e, na sexta-feira, será concluído às 12 horas com a entrega dos certificados.

A oficina é dirigida a gestores e técnicos do setor de saneamento básico da Funasa e de municípios com até 50.000 habitantes; associados da Assemae, ocupante de cargo público municipal ou do Distrito Federal com papel de decisão na área do curso; técnicos de municípios que receberam recursos federais sobre o tema; gestores de órgãos públicos federais, estaduais, regionais e municipais; integrantes de movimentos sociais e catadores de materiais recicláveis; membros de ONGs; membros de universidades e profissionais liberais.

Os participantes também receberão orientações sobre a formação dos grupos de trabalho - comitê de coordenação e comitê executivo; plano de mobilização social; diagnóstico técnico-participativo dos quatro componentes do saneamento: abastecimento de água, esgotamento sanitário, manejo de resíduos sólidos e drenagem urbana; prospectiva e planejamento estratégico para o setor de saneamento no município; programas, projetos e ações para alcance do cenário de referência; plano de execução; experiências de planos municipais de saneamento básico; processo de comunicação permanente; sistema de informações para auxílio à tomada de decisão; indicadores de desempenho do plano municipal de saneamento básico; regulação dos serviços de saneamento; e terão acesso à bibliografia de referência em mídia eletrônica.

FUNASA, ASSEMAE e EMASA

Nenhum comentário:

Postar um comentário