sábado, 13 de julho de 2013

Seminário discute inserção da pessoa com deficiência no mercado de trabalho  


A inserção da pessoa com deficiência no mercado de trabalho será discutido no Seminário Direitos da Pessoa com Deficiência, que acontecerá neste sábado (13), no auditório do Centro Comunitário da Paróquia Nossa Senhora da Luz, na Pituba. O evento discutirá políticas públicas e ações que propiciem o pleno exercício dos direitos da pessoa com deficiência. Além disso, promoverá o intercâmbio de experiências profissionais de recursos humanos, gestores, e profissionais que trabalham com a inclusão no mercado de trabalho.


O superintendente estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência da Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH), Alexandre Baroni, contará sua história de vida e trajetória em uma palestra. O seminário contará também com palestras sobre Paralisia Cerebral, ministrada pelo administrador Marcos Alexandre Cerqueira, "Direitos da Pessoa com Deficiência no Século XXI", ministrada pelo consultor de inclusão social e ativista dos direitos das pessoas com deficiência, Romeu Kazumi Sassaki.
De acordo com o Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), no Brasil, 15% da população possui algum tipo de deficiência. Na Bahia, cerca de 400 mil pessoas tem alguma deficiência. Segundo o Ministério do Trabalho, Emprego e Renda (MTE), apenas 306 mil pessoas com deficiência estão empregadas formalmente. Estudos apontam que um dos entraves para inclusão da pessoa com deficiência no mercado de trabalho é o despreparo das empresas no processo de recrutamento e seleção. As empresas também não dispõem de infraestrutura que garantam a acessibilidade aos locais de seleção.
Gestores, profissionais de recursos humanos, sociedade civil e organizações governamentais de Salvador, que atuam pela promoção dos direitos da pessoa com deficiência poderão participar do Seminário. O valor da inscrição para estudantes é R$ 25, e para profissionais
R$ 40. O vento é organizado pela Associação Baiana de Parilisia Celebra. Mais informações pela telefone 71 9671-7007 (Marcos).
ASCOM SJCDH 3115-4118/4159

Nenhum comentário:

Postar um comentário