Postagem em destaque

AGU PEDE REJEIÇÃO DE AÇÃO POR DANO MORAL MOVIDA POR LULA

OPERAÇÃO LAVA JATO AGU PEDE REJEIÇÃO DE AÇÃO POR DANO MORAL MOVIDA POR LULA CONTRA DELEGADO DA PF NA AÇÃO O EX-PRESIDENTE PEDE R$ 100 ...

sexta-feira, 22 de março de 2013

Programa “Viver sem Limite” será apresentado em Itabuna

            O acesso à educação, à inclusão social, a acessibilidade e a atenção à saúde são os principais assuntos em pauta de reuniões a serem realizadas em Itabuna na próxima semana dentro do “Viver em Limites”. O programa integra o Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Governo Federal e será apresentado oficialmente em Itabuna, a partir da próxima semana.

            As reuniões acontecerão no auditório da Faculdade de Tecnologia e Ciência (FTC. A primeira será aberta às 13h30min de terça-feira pelo prefeito de Itabuna Claudevane Leite e se destina a prefeitos, presidentes de câmaras de vereadores e secretários municipais. 

Na quarta-feira, no mesmo horário, o encontro vai reunir representantes dos conselhos da pessoa com deficiência; assistência social; diretos humanos; saúde; educação e dos direitos da criança e adolescente, além de diretores de escolas e coordenadores do CRAS E CREAS. A última reunião está programada para a manhã de quinta-feira, 28, das 9 horas ao meio dia, e se destina aos representantes da sociedade civil organizada, movimentos sociais e agentes comunitários de saúde. 

            Além da apresentação do Plano Viver Sem Limites, os encontros servirão para esclarecer dúvidas, receber propostas e sugestões que contribuam para o sucesso do projeto em Itabuna e região. O secretário municipal de Assistência Social, José Carlos Trindade, garantiu a parceria do município para a execução do programa que considera de fundamental importância para a inclusão social das pessoas com deficiência.

            O coordenador do Projeto Viver sem Limites, Moyses Leal, explicou que o plano busca a equiparação de oportunidades para que a deficiência não seja usada como impedimento à realização dos sonhos e de projetos das pessoas, valorizando o protagonismo e as escolhas dos brasileiros com e sem deficiência.

            O projeto foi implantado em 2011 e prevê para este ano estreitar a relação com os municípios para que as políticas tenham efetividade em seus quatros eixos: acesso à educação, a inclusão social, a acessibilidade e a atenção à saúde.

Departamento de Comunicação Social
Por Rosi Barreto

Nenhum comentário:

Postar um comentário