Postagem em destaque

Ceplac assinala passagem dos 60 Anos com emoção e compromisso

  A cerimônia que assinalou a passagem dos 60 anos de criação da CEPLAC/MAPA, realizada nesta segunda-feira, 20 de fevereiro no audi...

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

CÂMARA MUNICIPAL DE ITABUNA TEM SALDO DE UM MILHÃO DE REAIS

Presidente Leléu
Apenas um mês depois de empossada, a atual Câmara de Vereadores de Itabuna já tem muito que mostrar à sociedade. Do período de 17 de outubro, quando os vereadores iniciaram efetivamente os trabalhos legislativos, até a terça-feira (20/11), o Poder Legislativo aprovou nada menos que 38 Encaminhamentos, 19 Moções, 13 Requerimentos, oito Pedidos de Providências e cinco Indicações.
À exceção das moções, todos os procedimentos tiveram como finalidade o pedido de obras e serviços à prefeitura. A extensa lista de solicitações inclui operações Tapa-Buracos em diversos pontos da cidade, calçamento de ruas, recuperação de logradouros públicos e muitos outros serviços.
REFIS
A Câmara também aprovou o Refis, projeto do Poder Executivo que muda regras para o refinanciamento das dívidas de contribuintes com tributos municipais. 
“Esta Câmara tem o que mostrar à Itabuna. Temos trabalhado incansavelmente, voltando nossas atenções para o bem comum da comunidade em geral. É para isso que estamos aqui. Estamos honrando a confiança depositada em nós pelos mais diversos segmentos da nossa população”, avaliou o presidente do Legislativo, Leléu Rodrigues, ao apresentar os números relativos à produção dos vereadores.
O presidente apresentou o balanço das atividades durante sessão plenária e disse que os dados apresentados ficarão expostos em locais visíveis da Câmara “para que toda e qualquer pessoa possa tomar conhecimento daquilo que estamos fazendo”. 
Saldo financeiro
Leléu Rodrigues também apresentou um balancete das contas do Legislativo no período de 17 a 31 de outubro. Os números revelam saldo positivo acima de R$ 1 milhão. Os dados de novembro, obviamente, só serão conhecidos no final deste mês.
“Isso é resultado da gestão responsável e austera que estamos fazendo desde que iniciamos os nossos trabalhos”, disse o presidente. Leléu Rodrigues fez questão de creditar o êxito da sua gestão ao apoio de todos os vereadores. 
Além de tudo o que já foi feito, os vereadores ainda deverão trabalhar bastante até o final da atual legislatura, que se encerra em 31 de dezembro próximo. Para o curto prazo, estão previstas análise em comissões técnicas e votação em plenário de, pelo menos, dois importantes projetos: um do Poder Executivo, que reformula o Código Tributário, e outro do próprio Legislativo, propondo o fim do voto secreto na Câmara Municipal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário